sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Sem glúten

E de repente bateu comer sem glúten como experiência para ver se melhora as problemáticas com a saúde.
Primeiro impacto! E o pãozinho de sal, onde ficará? - na padaria...
Difícil!...  Mas não impossível.
Fiz o teste por conta própria e risco. Melhor ter um médico e nutricionista.
Pensei que seria um bicho de sete cabeças... Não foi. Dentro do que gosto e o que como, fiz as adaptações.
Macarrão... agora de arroz. Achei mais gostoso que o de sêmola.
Pães... Fazendo em casa... Não é igual o pãozinho da padaria, mas com misturinhas de farinhas sem glúten e outras sementinhas e frutinhas, sinceramente, estou amando!
Frutas, legumes, verduras, leite, carne, ovos fazem parte do meu dia a dia. Não estou me tornando vegetariana, apenas querendo mais saúde. Diminuindo aqui e ajeitando ali.
Já falei com o médico. Agora está marcado a nutricionista. Enquanto isso meu organismo já agradece de todo o seu âmago.
Gratidão à Internet através de todos que de uma forma ou outra colaboram com os principiantes postando receitas e informações gratuitas.


 Pão de leite de forma do cozinhando sem Glúten. Coloquei uma (colherinha de café) com semente de chia e bati o pão na batedeira. Super gostoso frio ou quentinho. Fazer um sanduíche então!?
Esse de baixo é do canal Tempero Caseiro: segui a receita ao pé da letra. Amei.


São infinitas receitas gostosas e simples de fazer.